Notícias

Atualizado em 03/02/2020 às 20h55

Comunidades ribeirinhas recebem visita técnica da Prefeitura de Santarém

O incentivo ao turismo de base comunitária para garantir renda e emprego dentro das comunidades é uma das frentes de trabalho da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur), para assegurar o desenvolvimento sustentável do setor.

No último fim de semana, foram realizadas visitas técnicas em Coroca e no Canal do Jari. As localidades recebem com frequência, turistas de várias partes do mundo.

As visitas do governo municipal são estratégias para mapear os atrativos turísticos da região, a fim de identificar pontos fortes e deficientes e planejar ações para correção de falhas e garantia da qualidade dos produtos e serviços ofertados.

“Nós estamos fazendo o acompanhamento da atividade turística nas comunidades, onde os moradores já recebem ou têm interesse em receber turistas. A Prefeitura está levando cursos de qualificação e apoiando iniciativas empreendedoras com divulgação e promoção dos atrativos”, disse o secretário municipal de turismo Diego Pinho.

No Canal do Jari, a equipe visitou o Jardim de Vitórias Régias. A anfitriã é dona Dulce Oliveira. Simpática e sempre bem-humorada, a dona de casa é apaixonada pela planta aquática, que embeleza sua casa e é ingrediente principal de várias receitas.

Com a flor, folha, caule e semente da vitória régia, dona Dulce prepara tortas, bolos, pastéis, rabanada, tempurá, macarrão, paçoca, geleia, salada, palmito, picles e até pipoca. Ao todo são mais de 20 receitas desenvolvidas por ela.

“As vezes o sabor engana a gente. Cada receita vai ter um sabor bem conhecido. Por exemplo, essa geleia você vai sentir o gosto de banana, mas não tem nada de banana. É só um quilo de vitória régia, duas colheres de açúcar e 2 horas de panela no fogo. O bom é que aqui quase tudo é vegano. O pouco que não é vegano é vegetariano. E é um sabor amazônico”, conta.

Além de provar a iguaria nada convencional, o turista pode fazer um passeio de canoa pelo jardim aquático.

Mas não é apenas o jardim da dona Dulce que atrai turistas ao Canal do Jari, os visitantes têm a opção de experimentar a culinária tradicional do lugar preparada com carinho e capricho pelos comunitários e conhecer um pouco da flora e fauna amazônica na trilha das Preguiças, atração ofertada por outra moradora do Canal, dona Rosângela.

Já na comunidade Coroca, o turista pode visitar uma criação de animais bem incomum. Os moradores criam tartarugas da Amazônia no lago, que fica a poucos passos de casa.

Coroca também é procurada por sua culinária e artesanato. A lojinha na comunidade vende os trançados do Arapiuns. São cestos e adereços confeccionados com a palha do tucumã e coloridos com tintas naturais como o açafrão e o urucum.

Acompanhe as ações da Prefeitura de Santarém nas redes sociais:
Facebook: https://pt-br.facebook.com/prefeituradesantarem/
Instagram: @prefeituradesantarem
Youtube: Canal da Prefeitura de Santarém

Mabi Borgaro Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação