Notícias

Atualizado em 25/01/2020 às 13h35

Projeto sustentável de tratamento de água vai beneficiar centenas de famílias na Várzea

Projeto, financiado pela FNS, e executado pela PMS vai beneficiar centenas de famílias na Várzea. Foto-Mauro Nayan

O prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, vistoriou a obra de construção do projeto sustentável de tratamento de água da comunidade Centro do Aritapera, localizada na região de Várzea. Trata-se do Salta Z – uma Solução Alternativa Coletiva Simplificada de Tratamento de Água para Consumo Humano, financiado pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e colocado em prática através da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Semap) e da Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). O projeto garantirá água potável mais acessível para centenas de famílias das comunidades Aritapera e Carapanatuba.

O prefeito Nélio destacou a alegria e satisfação em estar presente numa ação que parece simples, porém tem grande relevância para a melhoria da saúde por se tratar do tratamento da água para o consumo humano, numa comunidade simples, mas participativa.

"Nossa gestão vem dando possibilidade aos cidadãos para que tenham água potável em suas casas. Já ampliamos o abastecimento de água em todo o município, principalmente na zona rural. Melhorar a qualidade de vida da nossa gente é nossa meta principal, por isso o nosso esforço é contínuo", reiterou Nélio.

Os moradores da comunidade Centro do Aritapera abraçaram a causa e estão satisfeitos com a instalação dos equipamentos. Entre eles, a moradora Josefina Cardoso que abordou a importância da água tratada, principalmente para as crianças.

"Ficamos felizes com a implantação desse grande projeto em nossa comunidade. Esse é um sonho antigo dos moradores que em pouco tempo será concretizado”, ressaltou.

O trabalho está em fase de conclusão para que seja entregue aos moradores. Depois de implantado, eles farão o monitoramento de todo o processo. Isso envolve a colocação de cloro, a verificação da bomba que traz a água do rio, limpeza da caixa d'água e demais ações, que envolvem o processo de tratamento da água.

Como funciona o Salta Z?

Desenvolvida por técnicos da Fundação Nacional da Saúde (Funasa), a tecnologia tradicional, de baixo custo e fácil operação, contém filtro e dosadores em que a construção e montagem são artesanais, seguindo o princípio de sustentabilidade, utilizando materiais ecologicamente corretos e que custam cerca de 25% menos que os modelos tradicionais. Todo o material utilizado na instalação pode ser adquirido no próprio comércio local, daí a praticidade da tecnologia pioneira.

O sistema funciona com uma bomba que retira água do rio, para ser tratada e torná-la potável para consumo humano. A água é puxada e antes de chegar na caixa d'água entra em contato com partilhas de cloro, chega na caixa d'água de 5 mil litros, passa por decantação para eliminar impurezas e materiais pesados, como ferro e manganês e por último passa pela filtragem que deixa a água sem bactérias e materiais pesados, pronta para consumo.

Além do prefeito Nélio Aguiar estiveram presentes na vistoria o vice-prefeito José Maria Tapajós, o chefe de Gabinete Erasmo Maia, o secretário regional de Governo do Oeste do Pará, Henderson Pinto, o chefe de gabinete da Semap, Domingos Ferreira, além de vereadores da Câmara de Santarém e moradores da comunidade.

Acompanhe as ações da Prefeitura de Santarém nas redes sociais:
Facebook: https://pt-br.facebook.com/prefeituradesantarem/
Instagram: @prefeituradesantarem
Youtube: Canal da Prefeitura de Santarém

Luan Rodrigues Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação