Notícias

Atualizado em 03/12/2019 às 18h34

Prefeitura e parceiros levam jornada cirúrgica à Região do Arapiuns

Abaré leva saúde às comunidades de riosUm mutirão de atendimentos cirúrgicos acontece desde a última sexta-feira (29) na região do Rio Arapiuns. Com base estabelecida na comunidade São Miguel, onde o Navio Hospital-Escola Abaré, gerenciado pela Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) em parceria com a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), está ancorado para a realização de mais de 400 atendimentos em diversos tipos de cirurgias, através da Jornada Cirúrgica, fruto de um trabalho conjunto da Associação Expedicionários da Saúde, Saúde Indígena, 9ª Regional da Sespa, Hospital Regional do Baixo Amazonas, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), 8º BEC e Projeto Saúde & Alegria. A Jornada segue até o próximo sábado (07).

“Os profissionais de Saúde da Prefeitura de Santarém, há dois meses, trabalham na realização das triagens com os moradores da região do Arapiuns para o diagnóstico das necessidades de cada paciente, para os procedimentos cirúrgicos. De acordo com nossos profissionais que realizaram a primeira triagem, mais de mil pacientes passarão pelos profissionais especialistas, principalmente com os oftalmologistas, por conta de problemas na acuidade visual”, informou a secretaria municipal de Saúde, Dayane Lima, ao destacar o trabalho dos profissionais da Semsa que atuaram nos procedimentos de triagem dos pacientes que receberão os atendimentos especializados.

Equipamentos usados nos atendimentos no Rio ArapiunsDayane falou ainda sobre os profissionais que estão atuando na Jornada. “Nesta jornada, estão presentes mais de vinte profissionais da Semsa, três marinheiros, o assessor de rios, três cozinheiras, um agente de serviços gerais, um técnico de laboratório, um técnico de Enfermagem, onze enfermeiros, sendo quatro que são das viagens e sete que trabalham na região do Arapiuns”, detalhou.

A enfermeira Marcela Brasil explicou como aconteceu a triagem com os especialistas e os serviços cirúrgicos oferecidos na Jornada. “Depois da primeira triagem, vem a segunda que chamamos de triagem fina, que foram triagens realizadas pelos especialistas e cirurgiões, que é uma forma de classificar os pacientes que necessitam dos procedimentos cirúrgicos da Jornada como cirurgia de catarata, pterígio cirurgia geral, pequenas cirurgias de retirada de hérnia abdominal, umbilical, inguinal, escrotal, mama acessória, tumores, cistos, miomas, dentre outros. Os procedimentos acontecem em São Miguel”, ressaltou.

Durante a ação da Jornada Cirúrgica, os acompanhantes dos pacientes e moradores de São Miguel têm acesso a consultas nas diversas especialidades como dermatologia, pediatria, ginecologia e clínica geral, além de atendimento odontológico para os moradores de são Miguel que são grandes aliados, voluntários na ação. Todos os pacientes que apresentaram problemas na visão e necessitarem de óculos receberão o acessório após a conclusão do atendimento.

De acordo com os organizadores estima-se a realização de 400 procedimentos, sendo que de 200 pessoas nas diversas cirurgias, e mais 200 em oftálmicas. Nas outras realizações, a média de procedimentos era de 250 a 300. Uma estrutura de tendas, também está montada na comunidade para os diversos atendimentos.

Acompanhe as ações da Prefeitura de Santarém nas redes sociais:
Facebook: https://pt-br.facebook.com/prefeituradesantarem/
Instagram: @prefeituradesantarem
Youtube: Canal da Prefeitura de Santarém

Tadeu Pinho Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação