Notícias

Atualizado em 06/09/2019 às 18h53

Divulgado o 8º boletim da balneabilidade das praias de Santarém

Estudos foram realizados durante o mês de junho, em onze pontos de coleta. Foto-Ronaldo Ferreira

A pesquisa e os resultados do 8º Boletim de Monitoramento da balneabilidade das praias da orla fluvial direita do Rio Tapajós no município de Santarém foram apresentados nesta sexta-feira (06) pela Conágua Ambiental à Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma). Os estudos apontam a permanência de todas as áreas em condições próprias/excelentes para banho.

"Considerando o parâmetro microbiológico mais restritivo – Escherichia coli, pode-se concluir que todos os pontos de amostragem apresentaram condições de qualidade na categoria própria/excelente. E para o parâmetro microbiológico menos restritivo - coliformes termotolerantes, foi observado o mesmo cenário, classificado como água própria/excelente para balneabilidade", atesta o relatório.

Em relação às condições dos aspectos físicos e estéticos, todos os pontos, também, apresentaram condições próprias/excelentes.

A campanha é referente a junho de 2019, realizada em área de alta concentração de banhistas, com o tempo ensolarado, na maioria dos dias de amostragem.

Resultados apontaram que os estudos estão em condições próprias/excelentes para o banho. Foto-Ronaldo FerreiraNas praias Ponta do Muretá; Ponta de Pedras; Pajuçara e Maracanã foram produzidas amostras com um ponto de coleta, considerado como local com maior presença de banhistas. Na Vila Balneária de Alter do Chão foram amostrados pontos diferentes de coletas, sendo: praia do Centro de Atendimento ao Turista (C.A.T.); canal principal do Rio Tapajós, praia do Cajueiro; escadaria da orla; parte final da orla; praia da Ilha do Amor e Igarapé do Macaco. Assim, foram monitorados onze pontos.

Leia também:

A frequência de amostragem correspondeu a cinco coletas em cada ponto, com intervalos mínimos de 24 horas. Ao todo, foram processadas 55 análises de campo e exames em laboratório.

Estudos

Desde 2016 ocorre, em Santarém, o monitoramento da balneabilidade das praias da orla fluvial direita do Rio Tapajós.

O estudo tem como objetivo identificar as condições de balneabilidade das principais praias da orla fluvial direita do Rio Tapajós, garantindo a utilização segura desses ambientes para a recreação de contato primário, conforme estabelece a Resolução nº 274/2000 do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama).

Conforme as orientações da Resolução, as amostragens foram realizadas nos locais que apresentaram a profundidade da coluna d'água de 1 metro e próximas aos locais com maior concentração de banhistas.

As coletas são acompanhadas e vistoriadas por um técnico da Semma. Durante os procedimentos, as amostras de água foram recolhidas em sacos plásticos estéreis, armazenadas no gelo, em caixas térmicas, até o laboratório, onde as análises foram realizadas. As análises foram realizadas no mesmo dia da coleta.

_____________________________________________________________

Acompanhe as ações da Prefeitura de Santarém nas redes sociais:
Facebook: https://pt-br.facebook.com/prefeituradesantarem/
Instagram: @prefeituradesantarem
Youtube: Canal da Prefeitura de Santarém

Júlio César Antunes Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação