Notícias

Atualizado em 29/06/2019 às 21h59

Santarém ganha Unidade Básica de Saúde Fluvial Ailton Barros

Unidade vai atender 77 comunidades localizadas às margens do rio Amazonas

Um marco na história da saúde em Santarém. Assim foi definido o dia de hoje, 29 de junho, com a inauguração da Unidade Básica de Saúde Fluvial Ailton Barros, ainda como parte de programação de aniversário dos 358 anos da cidade.

A solenidade de entrega da embarcação pela Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), ocorreu no elevado da Praça da Matriz na manhã deste sábado (29) e contou com a participação do prefeito Nélio Aguiar, da secretária de saúde Dayane Lima, de vereadores, de representantes do governo do Estado, representantes de comunidades ribeirinhas, colaboradores da saúde e população em geral.

A festa pela entrega da embarcação que leva o nome do Dr. Ailton Barros contou com a participação de profissionais da saúde que trabalharam com ele, além da leitura de uma carta da família do médico e pronunciamento de autoridades que destacaram os relevantes serviços prestados ao município. Houve ainda apresentação de carimbó, leitura de cordel, paródia e música.

O prefeito Nélio Aguiar, que também atuou como médico na gestão de Ailton Barros à frente da Secretaria de Saúde, destacou o legado deixado por ele. "Durante o aniversário da cidade, tivemos a oportunidade de fazer a entrega de diversas obras importantes para Santarém, obras que o nosso povo realmente merece. Mas de todas elas, a que mais me emocionou foi a entrega dessa unidade de saúde fluvial, por dois motivos: começamos com o barco Netinho que virou política nacional, com berço em Santarém, graças ao que Ailton Barros e sua equipe fizeram no passado e agora com a entrega dessa UBS fluvial que é só nossa, é de Santarém, preparada para prestar o melhor atendimento à nossa população ribeirinha que tanto precisa. O segundo motivo é fazer justiça com um homem que fez praticamente tudo pela saúde pública em Santarém e passou 16 anos sem que nenhuma autoridade tenha prestado a devida homenagem a ele", avaliou o prefeito Nélio Aguiar.

Segundo a secretária de saúde Dayane Lima, a UBSF Ailton Barros vai atender 77 comunidades localizadas às margens do rio Amazonas, nas regiões do Ituqui, Aritapera, Arapixuna, Tapará e Lago Grande, sendo que a primeira viagem está programada para o mês de agosto. Em seu pronunciamento, ela agradeceu o esforço de todos na entrega da embarcação e destacou a importância da Unidade para a saúde ribeirinha. "A história da saúde da população ribeirinha vai mudar. Vamos fazer uma mudança na saúde assim como o Dr. Ailton Barros fez. Vamos levar atendimento médico e odontológico para a população ribeirinha que precisa e vamos trabalhar mais e mais, pois o atendimento de saúde é necessário e não podemos parar de avançar", ressaltou Dayane que informou ainda que no mês de julho a Prefeitura, através da Semsa, fará a entrega de mais duas ambulâncias beneficiando as comunidades ribeirinhas de Vila Socorro e Vila Curuai (Lago Grande).

A representante da comunidade de Cabeça D'onça, região do Aritapera, senhora Gilda Azevedo, ponderou que a embarcação será de grande importância para o atendimento à saúde das pessoas que moram distantes da cidade. "É com muita alegria que as nossas comunidades vão receber os serviços dessa embarcação. Só quem mora distante sabe a dificuldade para chegar até a cidade em busca de atendimento de saúde. Então, essa embarcação vai nos ajudar muito com atendimento médico de qualidade", pondera.

Conheça um pouco sobre o médico Ailton Barros
O nome da embarcação, Unidade Básica de Saúde Fluvial Ailton Barros, foi escolhido em homenagem ao médico, ex-secretário municipal de saúde, que enquanto esteve à frente da Secretaria Municipal de Saúde, no período de 1997 a 1999, durante o governo do ex-prefeito Lira Maia, mudou a história da saúde no município.

Dentre algumas de suas implementações merecem destaque a criação da primeira Secretaria Municipal de Saúde, desmembrando a pasta que antes era vinculada à Assistência Social; a municipalização da saúde, organizando a pasta em três níveis de atenção: alta, média e baixa complexidade; ampliação do programa de Agentes Comunitários de Saúde; implantação do programa de saúde da família e do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ); municipalizou a Fundação Nacional de Saúde, transformando-a em Hospital Municipal de Santarém; implantou os centros de referência em saúde da mulher e da criança e o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA); intensificou o atendimento de saúde na zona rural, levando os serviços mais próximos da população ribeirinha, através do barco Netinho III, dentre outras realizações relevantes.

O médico faleceu em um hospital público, na cidade de Fortaleza (CE), no dia 7 de julho de 2003.

Acompanhe as ações da Prefeitura de Santarém nas redes sociais:
Facebook: https://pt-br.facebook.com/prefeituradesantarem/
Instagram: @prefeituradesantarem
Youtube: Canal da Prefeitura de Santarém

Dayse Lima Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação