Notícias

Atualizado em 28/04/2019 às 11h50

Pré-Conferências Municipais dos Direitos da Pessoa Idosa encerram em Santarém


Com um público total de aproximadamente 500 idosos, as Pré-Conferências Municipais dos Direitos da Pessoa Idosa encerraram na sexta-feira (26). A primeira foi realizada no dia 4 de março. De acordo com a coordenação, todas alcançaram o objetivo principal de levar importantes temas em eixos fundamentais para as políticas públicas da Pessoa Idosa.

A realização das Pré-Conferências Municipais foi do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI) com articulação dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social da Prefeitura de Santarém.

Os eventos ocorreram em preparação à 4ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Santarém que será realizada no dia 10 de maio no Auditório da Escola de Artes Emir Hermes Bemerguy.

"Foram todos encontros importantes onde ouvimos a comunidade idosa sobre seus anseios, levamos temas como Direitos Fundamentais na Construção/Efetivação das Políticas Públicas; Educação: assegurando direitos e emancipação humana; Enfrentamento da Violação dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa; Os Conselhos de Direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas cada encontro contamos com a presença de um profissional para discutir de forma clara e objetiva. Agradecemos cada idoso que atendeu ao nosso convite e acreditamos que estão todos preparados para defender seus eixos no dia 10 de maio", destacou a vice- presidente do CMDPI, Rosiane Matos.

A cada pré-conferência, cinco propostas foram escolhidas totalizando 30 que serão debatidas mais amplamente na Conferência Municipal e que poderão ser encaminhadas para a Conferência Estadual que deverá acontecer em Setembro.

Também foram eleitos 60 delegados que irão se juntar aos 80 delegados das entidades que fazem parte do CMDPI que poderão votar as propostas, terão direito de sugerir correções, novas propostas na Conferência Municipal da Pessoa Idosa.

A usuária do Cras São José Operário há um ano, Maria das Graças Moreira Lima, de 69 anos contou que gostou de participar do evento. "Hoje eu aprendi muita coisa que não sabia. Eu achei importante a vinda de todas essas pessoas do conselho aqui nesta tarde, acho importante esses momentos para que possamos saber mais e poder buscar nossos direitos."

"A reflexão sobre o envelhecer no século XXI é pontual. Sabemos que os desafios são muitos e discutir as políticas públicas sobre todos os direitos é fundamental. Muitos não conhecem seus direitos. Aqui no Cras fazemos esse trabalho com nossos idosos buscando o empoderamento deles", enfatizou a coordenadora do Cras São José Operário Vanderleia Ferreira que foi a articuladora para a presença do grupo.

Geisa de Oliveira Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação