Notícias

Atualizado em 15/03/2019 às 15h44

'Turismo na Escola' leva alunos da Rede Municipal de Ensino para experiência turística em Santarém


Diversas atividades foram promovidas aos alunos como a Oficina sobre os Trançados do ArapiunsDesenvolver habilidades para construir o processo crítico das pessoas, com vista ao exercício da cidadania na formação humana é uma das premissas da educação básica e aliado as experiências vividas nas atividades turísticas, por meio do Projeto Turismo na Escola, constituem um dos principais objetivos do Projeto que a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur) em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação (Semed), oportunizou aos educandos da Escola Maria Amália, do bairro Liberdade.

O Turismo na Escola dividiu-se em dois momentos, na quinta-feira (14) primeiro dia, quando os técnicos e estagiários da Semtur promoveram uma palestra sobre a atividade turística, bem como os pontos turísticos de Santarém, que nesta primeira etapa abordou a importância do artesanato para a economia do município. E na sexta-feira (15), segundo dia, quando ocorreu uma aula de experiência turística com a visitação nos principais "Pontos Turísticos Urbanos", visitados por turistas do mundo inteiro.

A professora de História Auriene Correa aproveitou o Projeto para reforçar sua missão de incentivar a valorização da cultura A professora de História Auriene Correa falou que o Projeto contribui para a valorização da cultura e da história santarena e consequente a isso, para a importância do turismo na cidade. "O Turismo na Escola é muito positivo. Eu acredito que é de fundamental importância para a valorização da nossa cultura e para o aluno se reconhecer como parte dessa história. Eu, enquanto professora de história e Estudos Amazônicos, tenho uma missão de fazer com que nossos alunos valorizem nossa cultura, valorizem o nosso povo e para isso é preciso conhecer, e esse projeto vem de encontro até nos nossos anseios, pois queremos vivenciar momentos como esses, mas não temos logística para isso e o Projeto está possibilitando isso. Vejo que eles estão muito contentes, estão aprendendo e com certeza terão mais possibilidade de valorizarem nossos pontos turísticos e zelar por eles", ressaltou.

Ana Luíza Godinho aproveitou, junto com seus colegas, o passeio turístico itinerante A aluna do 6º ano Ana Luíza Godinho disse que o Turismo na Escola foi uma oportunidade de aprender mais sobre os Pontos Turísticos de Santarém. "Com o projeto aprendemos mais sobre os pontos turísticos de Santarém, lugares visitados por pessoas do mundo inteiro. Aprendemos um pouco mais sobre o nosso artesão na palestra ministrada ontem, e hoje visitamos lugares como o Mercadão 2000, a Praça da Matriz e o Centro Cultural João Fona, nunca tinha ido lá e achei muito lindo", destacou.

O secretário de Turismo Diego Pinho Diego Pinho, que acompanhou todo o desenvolvimento do Projeto, comentou que este trabalho é uma garantia para a geração futura da preservação do imenso patrimônio turístico que Santarém possui. "O Turismo na Escola fortalece o senso de responsabilidade de quem participa do Projeto para o constante cuidado quando se fala em manutenção do nosso patrimônio cultural, ambiental e histórico, pois é isso que desperta a visita dos turistas em nossa cidade. O Projeto é um despertar para essa consciência e uma garantia para as nossas gerações futuras, de ter um turismo solidificado, focado nesse patrimônio que temos", frisou.

Após a visitação nos principais Pontos Turísticos Urbanos, o City Tour encerrou no Cristo Rei – Centro de Artesanato do Tapajós com uma Oficina sobre os "Trançados do Arapiuns", com a Artesã Neida Pereira que oportunizou aos alunos o manuseio da palha de tucumã, matéria prima que é utilizada para construção das peças e confecção de produtos da Oficina.

Leia também:

Tadeu Pinho Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação