Notícias

Atualizado em 30/11/2018 às 14h50

Escola Princesa Izabel participa de última edição em 2018 do Projeto Turismo na Escola


Alunos da Escola Princesa Izabel em visita ao Cristo ReiCom uma visão de futuro para o desenvolvimento da atividade turística da região do Tapajós, a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur) promoveu no ano de 2018 o Projeto Turismo na Escola que levou para o ambiente da sala de aula, da rede municipal de ensino, assuntos referentes aos pontos turísticos visitados por turistas regionais, nacionais e internacionais. Não somente foram apresentados aos alunos conteúdos teóricos sobre o turismo, como os educandos tiveram a oportunidade de visitar os pontos turísticos urbanos do município.

City Tour levou os alunos aos principais pontos turísticos da área urbana de Santarém Para a última edição do Projeto em 2018, os alunos da Escola Princesa Izabel, do bairro da Nova República tiveram a oportunidade de receber na manhã desta sexta-feira (30) o "Turismo na Escola" no educandário, com palestra sobre os principais pontos turísticos de Santarém e a importância para o processo de desenvolvimento turístico da cidade. Em seguida participaram de um City Tour nos principais pontos da área urbana, como o Centro de Informações ao Turista (CIT), Mercadão 2000, Feira do Peixe, Centro Cultural João Fona e o Cristo Rei - Centro de Artesanato do Tapajós.

Secretário de Turismo Diego PinhoO Secretário de Turismo, Diego Pinho, avaliou como positivo as ações do Projeto Turismo na Escola 2018, por entender que a ação responde a um dos anseios do Plano Diretor de Santarém, no que tange as políticas públicas para o desenvolvimento do turismo, levando-se em consideração o atendimento educativo do turismo. "O Projeto Turismo na Escola visa a efetiva busca da sensibilização para a conscientização da valorização do patrimônio histórico, cultural e ambiental do município e região, como umas das diretrizes do Plano Diretor Municipal, em suma, desse valor simbólico e econômico do tapajós, e nada mais pertinente que iniciemos a construção dessa consciência por nossas crianças que serão os preservadores e empreendedores do turismo de nossa cidade", destacou.

Confira outras notícias sobre turismo 

Elcivânia Barreto, chefe da seção de Projetos da Semtur e responsável pela articulação do Turismo na Escola, destacou que as ações foram importantes para que as crianças pudessem ter o sentimento de pertencimento no processo do desenvolvimento do turismo da cidade. "Foi muito positivo a ações do Turismo na Escola, pois muitos que participaram das edições, nunca tinham sequer entrado no Centro Cultural, no Mercadão 2000 e muitos dos alunos nem imaginavam que os turistas vêm até Santarém para visitar o Mercadão 2000 e conhecer a nossa produção e nossos costumes de vida. O Projeto despertou o interesse e a curiosidade de conhecer ainda mais o turismo da nossa cidade".

Mateus Vasconcelos teve a oportunidade de conhecer na prática o que já tinha estudado nos livrosPara o aluno Mateus Vieria de Vasconcelos , do sexto ano da Escola Princesa Izabel, o Projeto deu a oportunidade aos alunos de conhecerem pessoalmente elementos da história de Santarém que só conheciam através dos livros. "Foi muito legal conhecer como é tudo o que eu estudei na matéria dos índios, da história de Santarém, tudo o que eu vi, eu achei no museu e aqui no Cristo Rei e achei incrível. A gente que mora aqui não sabe, quem sabe são os turistas que vem de fora, eles que tem a iniciativa de visitar e a gente não."

″Esse Projeto dá a oportunidade para que os alunos possam conhecer outros espaços que há em nossa cidade″, ressaltou a pedagoga Bruna MarquesA pedagoga da Escola, Bruna Marques, ressaltou a grande importância do Projeto para a construção do ensino e da aprendizagem dos alunos. "Em primeiro lugar parabenizo a Secretaria de Turismo, por que esse Projeto dá oportunidade para que os alunos possam conhecer outros espaços que há em nossa cidade, que muitas vezes só conhecem através dos livros e no momento que eles tem a oportunidade de estar próximo desses pontos turísticos passam a conhecer de perto a exemplo do Centro Cultural João Fona, que muitos não tiveram a oportunidade de visitar esse espaço e foi riquíssimo, por conhecer a cultura indígena, dos instrumentos, da história de Santarém que muitas vezes é desconhecida por nós mesmos que moramos aqui e agora estamos aqui no Cristo Rei conhecendo ainda mais da nossa cultura, tanto dos trançados do Arapiuns, como que é feito essa questão do artesanato e de tantos e outros assuntos que são trabalhados nas disciplinas durante o ano."

O Projeto teve o acompanhamento da equipe técnica da Secretaria de Turismo e contou com a parceria da Secretaria Municipal de Educação (Semed), assim como em todas as etapas do Turismo na Escola. Em 2019 a Semtur pretende realizar o Projeto Turismo na Escola em outros educandários.Projeto Turismo na Escola trabalhado em sala de aulaAlunos também visitaram o Centro Cultural João Fona

Tadeu Pinho Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação