Notícias

Atualizado em 12/04/2018 às 16h08

UBS's intensificam campanha de combate à hipertensão


Neste mês de abril, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Santarém estão intensificando as ações de prevenção e combate à hipertensão arterial. É que neste mês se comemora o Dia Nacional de Combate a Hipertensão Arterial, celebrado em 26 de abril. A data tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre os cuidados básicos para prevenir a hipertensão arterial, mal que atinge aproximadamente 25% da população brasileira, de acordo com o Ministério da Saúde. Diariamente, as UBS's estão realizando programações especiais em comemoração à data, nos grupos que atendem os hipertensos.

A reunião dos grupões de HiperDia, como são chamados os grupos que atendem hipertensos e diabéticos nas UBS's, ocorrem uma vez por mês e cada UBS tem seu cronograma próprio. No dia de reunião do grupo, são repassadas orientações sobre a doença, palestras educativas, distribuição de medicamentos, verificação de Pressão Arterial (PA) e glicemia, consulta médica e de enfermagem, exames clínicos, e orientações sobre alimentação saudável e sobre a importância da prática de exercícios.

Em Santarém, os grupos de HiperDia contemplam aproximadamente 18 mil pessoas. Dados referentes ao último mês contabilizaram 9.978 hipertensos, 3.925 diabéticos e 3.728 pessoas que possuem hipertensão e diabetes atendidas pelo município. Porém, de acordo com a enfermeira Eulália Ramos, que está coordenando o Programa Municipal de Hipertensão, Diabetes e Tabagismo da Semsa, todos os dias esses números aumentam. "Todos os dias temos novos inscritos. Para se inscrever no programa, a pessoa deve procurar a UBS mais próxima de sua casa, com a receita médica e os documentos de identidade em qualquer horário em que a UBS esteja funcionando", informou.

A enfermeira Mirian Almeida, da Estratégia Agentes Comunitários de Saúde (EACS), do bairro Aeroporto Velho, salienta que durante as visitas domiciliares dos ACS's, quando se identifica que algum membro da família apresenta sintomas que indiquem problema de pressão, essa pessoa é encaminhada imediatamente à UBS mais próxima, para as providências necessárias.

"A pessoa é orientada a procurar a UBS de referência, onde ela passa por uma consulta de enfermagem, sua pressão será então mapeada por 7 dias e se confirmada a alteração, ela é encaminhada a uma consulta médica. Após isso, ela será cadastrada no programa HiperDia da UBS para ser acompanhada e receber a medicação de que ela necessita", explicou.

No caso de pessoas que apresentem sintomas, mas que estejam impossibilitadas de ir até uma unidade, o ACS marca uma visita domiciliar de enfermagem para o atendimento ao paciente. "O fato é que ninguém fica desassistido pelo município", afirmou a enfermeira.

Sobre a Hipertensão

A hipertensão ou Pressão Alta é caracterizada quando a pressão arterial está acima dos 120 de máxima e 80 de mínima, convencionalmente chamada de "12 por 8".
Entre os principais fatores que podem levar a hipertensão está o sobrepeso e obesidade, a má alimentação com o consumo excessivo de sal, o sedentarismo, o tabagismo e, em alguns casos, o fator hereditário (indivíduos com pais hipertensos têm 30% de chances de também serem).

Os principais sintomas da hipertensão são: dor de cabeça, dor na nuca, tonturas, enjoos e falta de ar.

O infarto do coração, AVC (Acidente Vascular Cerebral), insuficiência cardíaca e renal são algumas das consequências maléficas da hipertensão, conhecida popularmente como uma "assassina silenciosa".

Carteira do Idoso

As UBS's de Santarém já estão fazendo a implantação e distribuição, aos pacientes com mais de 60 anos de idade, do novo modelo da Carteira de Saúde do idoso. A novidade é que as novas carteiras trazem orientações sobre direitos e deveres dos idosos, cuidados gerais, e espaço para o controle de pressão arterial e glicemia. A coordenação das UBS's estão aproveitando os dias de reunião dos grupos de HiperDia para fazer a entrega das novas carteiras. Pessoas que recebem tratamento domiciliar por parte do município, ou seja, os acamados recebem suas carteiras em casa, durante as visitas dos ACS's.

Dayse Lima Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação