Notícias

Atualizado em 23/02/2018 às 15h41

Visitantes e Turistas podem conhecer de perto animais da fauna amazônica no Zoológico em Santarém


Com uma área total de 149 hectares e 18 hectares utilizáveis, o Zoológico da Universidade da Amazônia (Unama), tem uma variedade de espécies de animais, que podem ser vistos de perto, por meio de uma trilha que leva os visitantes e turistas a uma viagem na fauna amazônica. O Zoológico abriga espécies como macacos, peixes-bois, araras, caititus, jacaré-açu, onça sussuaranas, dentre outros e funciona para visitação de domingo a domingo, no horário de 07h às 17h30.

Logo na entrada é possível conhecer as piscinas artificiais que salvaguardam os peixes-bois que chegam até o zoológico precisando de cuidados, pois devido a pesca predatória dos animais adultos, os filhotes ficam órfãos, e são levados para os tanques que funcionam como um centro de reabilitação. Os filhotes são tratados a base do leite e de capim em torno de dois a três anos, e depois deste período são soltos para sua readaptação, nas águas da comunidade de Igarapé do Costa. A função do peixe-boi é controlar o crescimento das plantas aquáticas na Amazônia.

Seguindo a trilha chega-se até o recinto de cinco onças da espécie sussuarana. Um misto de belíssimas cores é o que os visitantes e turistas podem contemplar com as araras-vermelhas que ficam soltas na área, mas que as pessoas tem que ter cautela para não serem bicadas pelas aves, por isso a orientação dos tratadores é que não tente contato direto com as araras. Um enorme jacaré-açu pode ser visto em um recinto adaptado para sua permanência no Zoo. Três recintos de macacos abrigam espécies de macacos, Aranha, Prego e Testa–Branca, cada um com características que surpreendem os visitantes. O Zoológico, conta ainda, com os recintos de duas antas, caititus, tartarugas, quati, dentre outros. 10 outros recintos estão sendo construídos para melhorar a infraestrutura do local e dar mais qualidade na reabilitação dos animais.

O ZooUnama conta com dois veterinários, um biólogo, 18 tratadores, equipe administrativa e portaria. Na entrada são repassadas orientações quanto a permanência no local. Para ter acesso ao Zoológico é cobrada uma pequena taxa de R$ 3,00 (três reais). Para grupos de pessoas, a visitação tem que ser agendada previamente, pois para grupos é providenciado acompanhante para seguir a trilha. Para a vista nas piscinas dos peixes-bois é cobrando mais uma taxa de R$ 3,00 (três reais) para ajudar nos custos de seus cuidados, que é elevado.

Para se chegar no Zoounama pela BR 163, Santarém-Cuiabá, a partir do Viaduto, são 3 km, sendo que do viaduto até a entrada da Rua Belo Horizonte, no bairro Matinha, percorre-se 2,3 km. Da entrada da Rua Belo Horizonte até a entrada do acesso para o Zoo, são mais 500 metros e da entrada do acesso até a portaria do Zoounama são 300 metros.

Mais informações:
- Universidade da Amazônia (Unama) – 093 3523-5088

Agradecimentos:
- Ianny Posiadlo – Veterinária
- Esron Paixão - Biólogo

Tadeu Pinho Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação