Notícias

Atualizado em 08/02/2018 às 15h54

Disposição e muita animação marcam o Carnaval do CCI


Eles foram a rigor, vestiram a melhor fantasia, a produção foi completa, as cores e brilhos puderam falar por si e comprovaram todo um contexto de alegria na folia. Os mais de 400 usuários do Centro de Convivência do Idoso (CCI) aproveitaram a tradicional festa de carnaval para se confraternizar com muita disposição e animação na tarde desta quarta-feira (07).

Ao som da Banda do Nem, eles puderam recordar as tradicionais marchinhas de carnaval, que contribuiu para um resgate da história dos antigos carnavais para seus familiares que os acompanharam a festa, o que fez com que ninguém ficasse parado. A folia tomou conta das dependências do CCI que contagiou a todos que foram participar.

Na ocasião aconteceu a coroação da Rainha do Carnaval do CCI que estava lindamente produzida, e a escolha do folião e foliã mais animados da festa.

"Todo ano nós temos que fazer o carnaval do CCI, pois os nossos idosos são muito animados e a gente não pode deixar de realizar uma festa como essa para comemorarmos a vida e estarmos todos juntos" disse Livia Paternostro, coordenadora do CCI.

"É uma tradição o carnaval dos idosos do CCI, por isso nós estamos aproveitando, pois temos que viver é o hoje, o amanhã só a Deus pertence, e Deus nos fez para sermos felizes" disse a usuária do serviço, de 75 anos, Maria Antônia Lopes de Vasconcelos.

A Secretária Municipal de Trabalho e Assistência Social, Celsa Brito, fez questão de estar no evento e poder acompanhar a alegria dos usuários do Centro, "É de dar inveja em qualquer pessoa à disposição dessa turma, tão animada, fantasiados, todos estão de parabéns pela bonita festa, pois sem eles ela não teria o brilho e a alegria que contagia a todos nós".

Os idosos do CCI vão estar também participando do Bloco da Semtras neste sábado (10), ás 19h na Praça de eventos na abertura do Carnaval de Rua de Santarém.

Sobre:
O Centro de Convivência do Idoso compreende um espaço que promove atividades culturais, manuais, recreativas, de lazer e atividades físicas, além de orientações sobre os direitos que preconizam o Estatuto do Idoso, visando proporcionar a melhoria da qualidade de vida das pessoas idosas, o estimulo a sua participação na comunidade e a proteção à vida e à saúde que permitam um envelhecimento saudável e em condições de dignidade.

Geisa de Oliveira Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação