Notícias

Atualizado em 11/01/2018 às 15h10

Divisa inicia o ano realizando trabalho de orientação junto aos comerciantes santarenos


A Prefeitura de Santarém, por meio da Divisão de Vigilância Sanitária (Divisa), órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), está com equipes nas ruas realizando um trabalho preventivo e de orientação junto aos comércios e empresas santarenas. O objetivo é garantir que haja disciplinamento das atividades no comércio de produtos e serviços, fazendo com que esses cheguem com qualidade à população.

De acordo com Valter Matos, coordenador da Divisa, as esquipes percorrem consultórios, laboratórios, salões de beleza, farmácias, supermercados, lanchonetes, restaurantes, dentre outros. São fiscais, veterinários, enfermeiros, farmacêuticos, nutricionistas e odontólogos que estão orientando e conscientizando os donos dos estabelecimentos. Ele explicou que o trabalho é importante para garantir a saúde e a qualidade de vida da população. "Nossa intenção é orientar e prevenir, ou seja, fazer com que a população receba produtos e serviços de qualidade, que garantam a sua saúde. Isso também é interessante para evitarmos doenças e mais pacientes chegando ao nosso Pronto Socorro Municipal", salientou.

Seguindo a linha de prevenção e de orientação aos comerciantes, a Divisa deve disponibilizar, já a partir da primeira quinzena de abril, cursos de capacitação para empreendedores para qualifica-los, dando mais segurança aos seus negócios.

Vistoria no Colosso do Tapajós
A equipe da Divisa esteve esta semana vistoriando as dependências do estádio Colosso do Tapajós. Foi verificada a questão de higiene e conforto nas dependências do estádio, acessibilidade e venda de alimentos por parte de ambulantes. Segundo Valter Matos, uma equipe deve estar presente nos jogos, monitorando vendas dentro e fora do espaço. Ele salientou que não será permitida a comercialização de frituras dentro do estádio, inclusive para evitar acidentes.

Busca Ativa
A Divisa está realizando a busca ativa junto aos estabelecimentos que não tiraram alvará em 2017. Segundo ele, o governo estendeu até março deste ano o prazo para que esses novos empresários façam a sua regularização e venham para a formalidade. Neste primeiro momento, a busca ativa está sendo realizada nos bairros que menos deram entrada em pedido de alvará, dentre eles estão os bairros Jaderlândia, Diamantino, Nova República, Santarenzinho e Maracanã.

Dayse Lima Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação