Notícias

Atualizado em 03/01/2018 às 17h54

Obras de esgotamento sanitário na Avenida Tapajós devem retornar na próxima semana


As obras que estão ocorrendo na Avenida Tapajós, do projeto de esgotamento sanitário, devem retornar na próxima quarta-feira (10). O serviço que faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), coordenado pela Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), está sendo realizado pela empresa contratada Carmona Cabrera. As obras foram paralisadas por conta das festas de final de ano. Na tarde desta quarta-feira (3), o secretário municipal de Infraestrutura, Daniel Simões, reuniu com uma comissão de comerciantes que têm empreendimentos na Avenida Tapajós e reclamam das condições em que alguns trechos da Avenida se encontram, por contas das obras.

 

"A Prefeitura recebeu a reclamação dos comerciantes em relação a poeira e buracos consequentes da escavação para a obra. E nós prontamente resolvemos reunir com eles para buscarmos uma solução o mais rápido possível e tentar amenizar os problemas causados aos empresários que trabalham naquele trecho, como também aos motoristas que passam por lá. Para amenizar os transtornos causados pela poeira no local, a Secretaria vai enviar, a partir desta quinta-feira (4), um carro pipa para passar duas vezes pelo trecho, uma pela manhã e uma pela tarde. A medida é para amenizar a situação até que o serviço de recapeamento asfáltico comece na próxima semana", afirmou o secretário de Infraestrutura, Daniel Simões.

 

Saiba mais:

Serviços de terraplenagem chegam ao bairro Diamantino

 

 

A Seminfra aguarda a chegada de uma caçamba de asfalto que vai ser utilizada para o serviço no trecho da Avenida Tapajós (próximo à Rua Padre João até a Praça Tiradentes). Com a chegada do material, prevista para acontecer na quarta-feira (10), o serviço de recapeamento começa de imediato.

 

Sobre a Obra
O serviço faz parte do PAC 2, coordenado pela Seminfra, sob o contrato nº 350.963-47, nas quais contam: construção do coletor tronco, ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), construção da Estação Elevatória de Esgoto (EEE), construção da Linha de requalque por gravidade, ligações de rede de esgoto e 225 metros de orla, incluindo drenagem e urbanização.

Keliane Tomé Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação