Notícias

Atualizado em 22/12/2017 às 9h15

Mulheres vítimas de violência participam de programação natalina no Centro Maria do Pará


"Natal, tempo de amor" foi o tema escolhido pelo Centro de Referência Especializado de Atendimento á Mulher - Maria do Pará, para confraternizar na quinta-feira (21), com as usuárias do serviço que sofreram algum tipo de violência doméstica e hoje são acompanhadas pelo centro e que resgatam diariamente o amor próprio e o controle de suas vidas.

Aproximadamente 50 mulheres foram reafirmar a esperança, compartilhar o amor que aos poucos vai fazendo parte de suas vidas e participar de um almoço especial, recebendo ainda tratamento de beleza da equipe Avon. Elas ainda se cadastraram na empresa de cosméticos para melhorar a renda familiar. "Aqui eu me sinto bem tratada, me sinto acolhida, me sinto valorizada e amada", ddeclarou uma das usuárias do serviço. "Eu quero é ficar bonita, sair daqui produzida e mais forte e ainda poder melhorar a renda da minha família", afirmou outra usuária.

"O Centro Maria do Pará é sinônimo de empoderamento, de amor, de parceria, fazer parte dessa confraternização é muito bom, nos sentimos fazendo parte de uma família que está sempre de portas abertas para nos ajudar a recomeçar". "Eu depois que fiz parte desse centro eu consegui retomar meus estudos e hoje passei direto em duas disciplinas, só aqui que encontrei esse apoio e vou sair hoje mais bonita".

Esses são trechos de conversas com as usuárias que estiveram participando da confraternização natalina. "É realmente um imenso prazer ver nessas mulheres que estamos conseguindo contribuir para que elas sejam empoderadas, tenham novamente as rédeas de suas vidas, que possam só aceitar amor, é emocionante ouvir que estamos diariamente fazendo a diferença ajudando nessa mudança, nessa valorização, isso não tem preço", disse Diany Maria Brelaz de Castro, coordenadora do Centro Maria do Pará.

O Centro de Referência Especializado de Atendimento á Mulher - Maria do Pará presta acolhida, acompanhamento psicossocial e orientação jurídica às mulheres em situação de violência (violência doméstica e familiar contra a mulher - sexual, patrimonial, moral, física, psicológica, assédio sexual, assédio moral, etc.).

Proporciona, um processo de mediação familiar em casos que não consubstanciam violência física – tem parceria direta com a Delegacia de Atendimento à Mulher e o Abrigo de Mulheres). O funcionamento é de segunda a sexta-feira, de 8h às 14h. O Centro Maria do Pará está localizado na Av. Magnólia, S/N, atrás da Semtras.

Geisa de Oliveira Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação