Notícias

Atualizado em 03/12/2017 às 14h56

Turnê do 'Cultura na Comunidade' e 'Um piano na Amazônia' encerra em Alter do Chão

A "turnê" levou arte e cultura a várias comunidades ribeirinhas da região durante 15 dias.


Música de qualidade em um ambiente que não tinha como ser mais especial, a praia de Alter do Chão. Foi na areia mesmo, no escurinho que as atividades 2017 dos projetos "Cultura na Comunidade" e "Floresta – Um piano na Amazônia" encerraram neste sábado (2). A visita às comunidade ribeirinhas, localizadas na região da Resex Tapajós-Arapiuns ocorriam desde 20 de novembro. 

A Filarmônica Municipal Professor José Agostinho iniciou a noite tocando no elevado no Centro de Atendimento ao Turista (CAT). Em seguida, a pianista de abrangência internacional, a gaúcha Carla Ruaro deixou a noite ainda mais especial, interpretando lindas músicas, tocando o piano na areia de Alter do Chão.

Durante quase 15 dias a equipe da pianista juntamente com a equipe do "Cultura na Comunidade" da Prefeitura de Santarém levaram arte e cultura a mais de 12 Comunidades.

 

"É um marco encerrar essa turnê conseguindo visitar pelo menos 12 comunidades da região ribeirinha envolvendo mais outras 40 comunidades que foram até esses pólos prestigiar nossos projetos. Conhecer o piano, conhecer a música, conhecer a arte. Foi um momento ímpar, porque é maravilhoso realizar um evento como esse e ver que conseguimos dar a oportunidade para as pessoas que nunca viram esse tipo de atividade", ressaltou o secretário de Cultura Luís Alberto Figueira.

O projeto "Floresta - Um piano na Amazônia" tinha o objetivo de levar a arte para lugares mais distantes e com menos oportunidades para atividades como essa. "Foi um sentimento de transformação. Foi a primeira vez que nós tivemos contato com comunidades tão distantes, foi surpreendente a reação das pessoas ao verem um piano, principalmente das crianças". Afirmou a pianista Carla Ruaro.

No encerramento das atividades em Alter do Chão ainda teve a exibição do Projeto Cinema e Música com trilha sonora de filme do Charle Chaplin, executado pelo pianista e Superintendente da Fundação Carlos Gomes, Paulo José Campos de Melo.

Keliane Tomé Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação