Notícias

Atualizado em 15/11/2017 às 10h08

35 tartarugas da Amazônia e 1 jacaré são soltos na comunidade Marimarituba


Após 2 meses de tratamento, 35 tartarugas da Amazônia, da espécie Podocnemis Expansa, foram soltas em um lago da

Comunidade Marimarituba, região do Arapixuna. Além disso, 1 jacaré também foi devolvido à natureza na mesma localidade. A operação de reintegração dos animais à fauna ocorreu ao longo desta terça-feira (14), sendo realizada pela Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), em parceria com o ZooUnama.

 Segundo o veterinário Jairo Moura, quando houve a apreensão e os bichos foram conduzidos ao ZooUnama, todas as tartarugas foram pesadas, inclusive a maior possui 34 quilos e 340 gramas, enquanto que a mais leve possui 12 quilos 320 gramas.

 “Além disso, foram realizadas as coletas de sangue dos animais, apontando nos exames um perfil sanitário bom. O resgate do jacaré coroa, fêmea, medindo 1,14m, foi em outubro deste ano, no bairro Nova república pelo Corpo de Bombeiros”, informou o veterinário.

 O chefe de fiscalizações da Semma, Arlem Lemos, destacou que a ação é fruto das operações da Polícia Militar em parceria com o órgão ambiental que vem ocorrendo de forma intensa desde agosto deste ano em combate à captura destes tipos de animais.

 “Pudemos fazer a soltura dos quelônios e jacaré em habitat natural e reiteramos que capturar espécies silvestres é crime ambiental, especialmente as tartarugas que são animais que estão na lista dos ameaçados de extinção”, destacou Arlem Lemos.

 Ao todo, o ZooUnama recebeu 37 espécies, fruto das operações entre Semma e Polícia Militar, contudo, dois animais por estarem bastante debilidades acabaram morrendo. Eles apresentaram desidratação aguda, foram realizados os procedimentos veterinários necessários, mas não resistiram. A carcaça dos animais que não resistiram foram enterrados no próprio zoológico.

 A Lei de Crimes Ambientais Nº 9.605/98 prevê que quem matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécies da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, deverá pagar multa de 5 mil reais por unidade.

 


Operações

As trinta e cinco tartarugas da Amazônia soltadas na terça-feira foram resgatadas durante operação entre Polícia Militar Ambiental e Semma, ocorrida no dia 18 de outubro, no Lago do Pacoval, região do Tapará.

Já um dos quelônios que também foi reintegrado à natureza nesta manhã é proveniente de resgate realizado no dia 12 de outubro, quando um homem foi flagrado fazendo o transporte de 17 animais vivos, 1 morto e 83 ovos em embarcação na área do Porto dos Milagres, bairro Uruará.

 No dia 13 de outubro, ocorreu na Flona Tapajós a soltura de 16 tartarugas resgatadas no Porto dos Milagres, sendo que uma estava muito machucada e precisou ficar no ZooUnama para maiores cuidados veterinários. O animal encontrado morto e os 83 ovos foram incinerados no dia 17 de outubro em uma olaria do bairro Floresta.

 

Denúncias

A Semma ressalta que para identificar os envolvidos, é imprescindível a ajuda da população como maior fiscal do meio em que vivemos. O cidadão pode fazer o registro do flagrante de qualquer crime ambiental com fotos, ou vídeos, ou informar os nomes dos envolvidos, sendo fundamental que formalize as denúncias nos órgãos competentes.

Tendo em vista a Lei Federal Nº 140, que dispõe sobre a cooperação entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios nas ações administrativas decorrentes do exercício da competência comum relativas à proteção das paisagens naturais notáveis, à proteção do meio ambiente, ao combate à poluição em qualquer de suas formas e à preservação das florestas, da fauna e da flora, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente orienta que as pessoas possam formalizar as denúncias ou na Semma, ou na Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), ou no Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) e ou na Polícia Civil.

Júlio C. Guimarães Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação