Notas

20/01/2020 às 10:33

Sobre paciente que se recusou a ser atendido pelo Samu

A-A+ Tamanho da Letra

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), esclarece a respeito do episódio que ocorreu na noite do último sábado (18), quando o nacional Raimundo Dourado de Sousa, 40 anos, após sofrer uma queda de bicicleta, se recusou a ser atendido e encaminhado para o Pronto Socorro Municipal de Santarém, pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), vindo a óbito na manhã de domingo (19). 

Raimundo apresentava sinais de embriaguez e agressividade e preferiu ficar no local do ocorrido. A equipe, portanto seguiu o protocolo regido pelo Ministério da Saúde. 

De acordo com o enfermeiro coordenador do Samu, Joziel Colares, após saber do óbito, a equipe retornou ao ponto do acontecido, onde foi constatado que o corpo da vítima permanecia no local. A família foi informada sobre o episódio.

O Samu tem a missão e o compromisso de prestar assistência direta à saúde da população em todas as áreas, seja na atenção básica ou nos serviços de urgência e emergência.

 

Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação